CONSIDERAÇÕES SOBRE OS BENEFÍCIOS DO BUTTERMILK NA DIETA E NOS MEDICAMENTOS

Dadhi (coalhada) e Takra (buttermilk ou o soro da coalhada) são alimentos muito comuns na alimentação indiana e são usados ​​desde o período védico. No Ayurveda seus tipos, qualidades, usos, contraindicações são mencionados nos textos clássicos. É um importante 'Anupana' ou veículo de muitas formulações ayurvédicas. Além disso é usado como alimento e como medicamento.

O Takra é fundamentalmente um produto lácteo preparado por processos de fermentação. A fermentação aumenta o prazo de validade junto com o realce de seu sabor. Este processo também melhora o valor nutritivo do leite. Além disso, adicionando algumas ervas e minerais, suas propriedades são fortalecidas.



Devido ao avanço da biotecnologia, microbiologia e ciências farmacêuticas, vários produtos farmacêuticos são preparados a partir de leite fermentado para combater a diarreia, a síndrome do intestino inflamatório, a obesidade e vários distúrbios digestivos. Takra e Dadhi são probióticos naturais e, também, prebióticos porque as bactérias amigáveis ​​para os intestinos e o corpo são encontradas em abundância nesses remédios. Contém benefícios adicionais para a saúde, como modulação imunológica, prevenção do câncer, da doença inflamatória intestinal e de outras doenças.


Nos tratados clássicos de Ayurveda como Sushrutasamhita, Charaka Samhita e Ashtanga hridaya a utilidade de Dadhi e de Takra foi mencionada abundantemente. Eles são agrupados em alimentos líquidos e Gorasa varga. Sãoprodutos lácteos fermentado usados desde tempos imemoriais para obter muitos valores nutricionais e benefícios para a saúde. É muito útil em Agni-Vikruti (distúrbios digestivos do Agni). Dadhi é untuoso, Ushna Virya (quente em potência), Amla rasa (azedo em sabor) e Amla vipaka. Vejam como, apesar de derivado do leite, tem potência quente o que o indica para tratamentos de ama pachana ou digestão das toxinas, sendo uma ótima fonte de nutrientes em dietas restritivas. Tem poder de cura para a anorexia e estimula o apetite e a digestão. Além disso, é Grahi, afrodisíaco, sustenta a vida e alivia Vata. Jata dadhi (coalhada) alivia vata dosha, porém tem que ser acrescido de cúrcuma, gengibre e outras especiarias para facilitar a digestibilidade. A camada cremosa espessa superior da coalhada adequadamente coagulada é chamada de Sara. É pesado para digerir, afrodisíaca, alivia Vata, diminui o poder digestivo e aumenta Kapha e Shukra. A parte aquosa depositada sobre a coalhada é chamada de Mastu ou Manda. É de natureza leve, aumenta a força, gera desejo por comida, apetite, alivia a fadiga, a sede, kapha e vata, limpa os micro canais(srotas) e remove as fezes acumuladas. O consumo de Mandajata (coalhada incompletamente coagulada) é estritamente proibido, pois agrava todos os três doshas, ​​causa sensação de queimação durante a digestão, aumenta a excreção de fezes e urina. Pt. Kashinath &Dr.Gorakhnath,Charaka samhita Sutrasthana, Vidhyotani commentary, Chaukhamha bharati academy, Ed 2005, Verse no.27/225-228.

Com base no sabor, Acharya Sushruta diferenciava Dadhi em três variedades como-

1° - Madhura (doce)

2° Amla (azedo)

3° Ati amla (extremamente azedo).

A coalhada doce é Maha-abhishyandi, causa peso e bloqueia todos os canais de fluidos do corpo, aumenta Kapha e Meda Dhatu, afrodisíaco, alivia Vata Dosha e raktapitta. A coalhada azeda aumenta os distúrbios Pitta, Kapha e Raktaja. A coalhada extremamente ácida vicia Rakta, Vata e Pitta.

No Ayurveda, muitas indicações de Takra são feitas para esclarecer a importância de Takra -

Quem usa Takra diariamente não sofre de doenças e as doenças curadas por Takra não voltam a ocorrer; assim como Amrita (Ambrosia) é para os deuses, Takra é para os humanos.

Vaidaya laxamipatti shastri,Yogaratnakar, Vidhyotani commentary, Chaukhamha prakasan, ED 2010,Takraguna verse- 2, pg-104.

De acordo com o princípio ayurvédico, distúrbios intestinais são causados ​​por baixo Agni. Agni ainda mais baixo produz Amatwa. Takra tem Agni Dipanaguna (desperta o agni) e Tridosha- Shamanaguna e isso alivia em Amatwa de Koshta (ama no sistema digestivo).

Acharya Charaka menciona que não há outro medicamento no Vata-Kapha Pradhana Roga tão poderosos quanto Takra. Kashinath & Dr.Gorakhnath, Charaka samhita chikitsaasthana, Vidhyotani commentary, Chaukhamha bharati academy, by Ed 2006, Verse no.14/77

Portanto, é usado em Udara roga (distúrbios gastrointestinais), Grahani (doença celíaca e outros distúrbios crônicos intestinais), Arsha (hemorróidas), Atisara (diarréia), Aruchi (anorexia), Shotha (edem) e Mutrakriccha (inflamação do trato urinário) e outras doenças.

Com base no conteúdo do creme, Acharya Charaka categorizou o Takra em 3 tipos:

• • Ruksha - sem creme

• • Ardhoudhgratha sneha- com meio creme

• • Snigdha- com creme completo.

Acharya Bhavamishra descreveu 5 métodos de preparação de Takra dependendo do conteúdo do creme e da quantidade de água a ser adicionada. Bhavamisra, Bhava Prakasha Nigantu, TakraVarga, Sloka 1-2

• • Ghola- bater em batedeira a coalhada integral sem água

• • Mathita – bater a coalhada cremosa seca. Coar com pano anteriormente, secar e bater a coalhada seca

• • Takra- bater a coalhada de creme completa adicionando ¼ do total da coalhada de água. Bater em batedeira até separar o creme do soro. Este soro é o famoso Takra (butter milk), objeto desse nosso estudo

• • Udaswit- bater a coalhada integral, adicionando ½ parte de água

• • Chacchika- agitação da coalhada totalmente secaadicionando ½ parte de água

De acordo com Acharya Sushruta o Takra é preparado batendo a coalhada e adicionando ½ parte de água. Receita um pouco diferente de Bhavamishra. Você pode fazer qualquer uma das duas.

Em princípio se recomenda não ferver o butter milk. Algumas poucas referências de fervura de leite fermentado estão disponíveis em textos diferentes como Astakatwar Tail e Takra kwatha. Archarya Govindnath Sen mencionou 'Dadhai' como Murchana Dravya para Aranda Tail Murchana. Archarya Charaka mencionou a fermentação posterior de Takra em Takraaristha Arsha Chikitsa e Grahani Chikitsa.


Takra como Probiótico


Takra e Dadhi têm baixo teor de gordura e calorias e contêm várias vitaminas e minerais importantes, como vitamina B12, riboflavina, cálcio e fósforo. http://www.health.gov/dietary guidelines/dga2005/document/html/appendixb.htm


O leite fermentado é uma dieta probiótica natural por causa das bactérias amigáveis ​​ao intestino.


Benefícios para a saúde de probióticos, probióticos e simbióticos


A microbiota intestinal tem um papel significativo na saúde humana e nas doenças. A disbiose do ecossistema intestinal contribui para o desenvolvimento de certas doenças que podem ser revertidas por alterações favoráveis ​​pelos probióticos. Existem 3 mecanismos gerais pelos quais os probióticos parecem exercer seus efeitos benéficos, com diferenças importantes observadas entre as espécies e cepas de probióticos:

1. Efeitos antimicrobianos

2. Melhoria da integridade da barreira mucosa

3. Imunomodulação.


CONCLUSÃO

O leite fermentado tem notável importância para manutenção da saúde, prevenção e cura de diversas doenças principalmente relacionadas ao trato gastrointestinal. O leite fermentado é descrito como Pathya e muito bom Anupana (veículo) de vários medicamentos ayurvédicos.

Takra e Dadhi são dietas probióticas naturais porque as bactérias amigáveis ​​para o intestino, bem como para o corpo todo, são encontradas em abundância neles. Algumas outras ervas podem ser acrescentadas no leite fermentado que são ricas em prebióticos como alho, aveia, cevada, aspargos, semente de linhaça e farelo de trigo, entre outros. Elas podem ser adicionadas para torná-lo produto simbiótico completo. Várias formas de dosagem de leite fermentado como Takra vati e Takrarhista são outros exemplos.


A microbiota intestinal humana desempenha um papel importante na saúde humana e a modulação da microbiota intestinal pode ser usada para tratar e prevenir uma série de doenças. As pesquisas avançadas recentes mostram que a microbiota encontrada no leite fermentado é capaz de curar vários distúrbios digestivos. O tratamento do câncer e da obesidade com probióticos é um novo caminho para a ciência médica moderna, mas na antiguidade o Takra era usado no tratamento de Gulma, Medoroga e Mandagni, e outras doenças.


Além disso, pode-se concluir que o conceito de simbiótico e seus usos no tratamento de doenças crônicas é a contribuição da ciência médica tradicional indiana para o mundo médico. Ademais, é urgente, recentemente, que as alegações de saúde e os princípios relativos à ingestão de leite fermentado sejam fundamentados e firmemente estabelecidos por ensaios clínicos em larga escala, adequadamente planejados.


Texto adaptado de estudos realizados pelos Dr. Yadav Yadevendra de Dehradun por Dr. José Ruguê


 

1.265 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo